Blefaroplastia ou Cirurgia Plástica das Pálpebras 

O que é a Cirurgia Plástica da Pálpebras ou Blefaroplastia?

O nosso olhar além de expressar vários sentimentos, é uma das características mais marcantes do semblante. Com o passar do tempo, e fatores externos como a exposição solar excessiva, a pele palpebral envelhece e perde sua elasticidade, tornando-se flácida, com rugas e bolsas de gordura. Além da questão estética, a queda das pálpebras pode interferir no campo visual.

A Blefaroplastia traz um incrível benefício no rejuvenescimento facial global, uma vez que o excesso de pele e bolsas de gordura, tanto nas pálpebras superiores como nas inferiores, são alguns dos principais fatores que caracterizam uma face envelhecida.

A Blefaroplastia é relativamente simples, tendo duração de uma hora e meia em média. O procedimento pode ser realizado com anestesia local e sedação preferencialmente. A permanência na clínica é curta, cerca de 4 a 8 horas. Depois da operação da blefaroplastia, um curativo é mantido durante 2 ou 3 horas. Ao chegar em casa, o paciente deve tomar ainda alguns cuidados, como usar um colírio específico, sair sempre de óculos escuros e evitar tomar sol durante um determinado período. O uso de compressas frias também ajuda bastante neste período de recuperação.

Depois de 8 dias você já irá perceber uma diferença sutil, mas marcante, ao redor dos olhos. E, após a terceira semana, começarão a aparecer os resultados definitivos.

Veja o vídeo sobre Blefaroplastia

Indicação

Acúmulo de bolsas palpebrais, queda da pálpebra e a perda de definição no sulco palpebral. A Blefaroplastia também corrige a queda da pele da pálpebra superior que atrapalha a visão.

Anestesia utilizada

Pela extensão da cirurgia e boa qualidade dos anestésicos, a maioria dos casos de Cirurgia Plástica nas Pálpebras é operada sob anestesia local e sedação. Dependendo da vontade do paciente, poderão ser feitas sob anestesia geral. Reserva-se esta última conduta para os casos em que clinicamente está contraindicada a anestesia local ou mesmo, quando a blefaroplastia esteja sendo feita simultaneamente a outras cirurgias.

As cicatrizes são visíveis? Onde se localizam?

Sendo a pele das pálpebras de espessura muito fina, as cicatrizes tendem a ficar praticamente disfarçadas nos sulcos da pele após a Blefaroplastia. Para tanto, deve ser esperado o período de maturação da cicatriz (3 meses). Pela sua localização, são passíveis de serem disfarçadas com uma maquiagem leve, desde os primeiros dias.

Tempo de cirurgia

Normalmente, a Cirurgia Plástica nas Pálpebras dura em torno de 90 minutos. Dependendo do caso, existem alguns detalhes que podem prolongar este tempo. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de centro cirúrgico, pois esta envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. Seu médico poderá lhe informar quanto ao tempo total.

Tempo de internação

Em geral, de 6 a 12 horas.

Tempo de recuperação

Dependendo de sua evolução pós-operatória, você poderá voltar às suas atividades normais, 3 a 4 dias após a Blefaroplastia.

Resultado Final

Em geral após 3 meses, poderá ser visto o resultado final da Cirurgia Plástica nas Pálpebras. Entretanto após o primeiro mês haverá substancial melhora em relação ao aspecto inicial.

.

Recomendações Pré Cirúrgicas

Programe sua vida diária e social nos dias seguintes à cirurgia, respeitando os cuidados necessários.

É importante que você esteja em boas condições de saúde para fazer a cirurgia. Na consulta médica é realizada uma avaliação física completa e são solicitados exames laboratoriais.

Algumas recomendações deverão ser seguidas antes da cirurgia. Informe ao seu médico os remédios que você usa normalmente, pois alguns deverão ser suspensos, como é o caso dos anticoagulantes.

Nos dias que antecedem a cirurgia é aconselhável interromper o consumo de bebidas alcoólicas e o fumo.

Avise o médico em caso de gripe e indisposição antes da cirurgia.

8 (oito) horas antes jejum absoluto de alimentos sólidos e líquidos.

Ao longo de alguns meses você poderá ver um resultado mais natural e definitivo. As complicações são raras devido ao preparo realizado no pré-operatório e os cuidados oferecidos durante e após a cirurgia. A Cirurgia Plástica é um dos caminhos para conquistar mais autoconfiança e melhorar sua qualidade de vida.

Converse sobre suas expectativas com seu médico e veja o que realmente pode ser feito no seu caso, pois a perfeição não existe, porém os resultados valem a pena. Juntos poderão discutir as técnicas cirúrgicas existentes e a mais indicada para o seu caso, pois há de se respeitar sempre a anatomia de cada pessoa.

Não existe Cirurgia Plástica sem cicatrizes, cada pessoa tem um processo de cicatrização diferente, que não depende do médico e sim do organismo. Você deve buscar o melhor resultado dentro da sua realidade, sem a expectativa de ficar parecido com alguém famoso ou que você admira.

Recomendações Pós Cirúrgicas

Nos 2 (dois) primeiros dias é recomendado repouso da vista sem forçá-la com leitura ou TV.

Permaneça com a cabeceira elevada por 15 dias.

Compressas geladas sobre a região dos olhos são indicadas para redução do inchaço inicial e não deite de lado.

Durante os primeiros dias, é comum uma irritação dos olhos e uma maior sensibilidade à luz e ao vento. Use óculos de sol, é importante para proteger a região operada dos raios solares.

O uso de colírios pode ser prescrito para maior conforto do paciente.

Não use lentes de contato por 14 dias.

Os pontos são retirados em torno de 2 a 4 dias após a cirurgia.

Poderá haver edema das pálpebras até o 3º dia depois da cirurgia, quando então começa a regredir, apresentando um aspecto natural por volta do 7º dia.

Os exercícios físicos moderados podem ser iniciados após 30 dias.

Para seu bem estar, siga rigorosamente todas as instruções dadas, visto que o êxito também depende do estrito cumprimento destas orientações.

Conquiste o resultado que você tanto busca! Entre em contato hoje mesmo, marque sua consulta e converse com o Dr. Wagner de Moraes.